5.jpg

PROGRAMA

PALESTRANTES CONVIDADOS
Crianças e adolescentes procedentes de 30 países  
Federico Mayor Zaragoza (Espanha)

Iniciou a sua carreira profissional no meio académico. Em 1968 tornou-se Reitor da Universidade de Granada. Foi nomeado Vice-Presidente do Conselho Superior de Pesquisa Científica (CSIC) em 1971 e foi Diretor-Geral da Unesco entre 1987 e 1999. Ocupou diversos cargos políticos. Foi Ministro da Educação e Ciência e Membro do Parlamento Europeu. Desde 2000, preside à Fundação para uma Cultura de Paz e em 2005 foi nomeado Co-Presidente do Grupo de Alto Nível para a Aliança de Civilizações, pelo Secretário-Geral das Nações Unidas. Pertence à Royal Academy of Fine Arts de San Fernando, à Russian Academy of Sciences e à European Academy of Sciences and Arts.

Sara Oviedo Fierro (Equador)
Licenciada em Sociologia e Ciências Políticas é Mestre em Sociologia e Ciências Políticas. Foi vice-presidente do Comité das Nações Unidas sobre os Direitos das Crianças. Técnica de campo e coordenadora provincial e nacional de programas de desenvolvimento infantil do INNFA e do antigo Ministério da Assistência Social, 1979 - 2003. Coordenadora do desenvolvimento do Plano Nacional Decenal da Criança e do Adolescente para o período 2005-2015. Secretária Executiva do Conselho Nacional da Criança e do Adolescente do Equador 2004-2012. Presidente do Conselho de Administração do Instituto Interamericano da Criança da OEA. 2006-2008, e delegada do Equador ao IIN 2004-2012. Coordenadora da Comissão Académica da Rede Hemisférica de Parlamentares e Ex-Parlamentares pela Primeira Infância, no Equador. Diretora Executiva da Fundação Quitu Raymi, instituição que representa a ECPAT no Equador. Membro do Conselho de Administração da ECA (Ending Clerical Abuse) em todo o mundo. Coordenadora da Coligação Nacional contra o Abuso Sexual no Equador. Coordenadora do grupo de ex-membros do Comité dos Direitos da Criança “Iniciativa Global pela Criança”. Participação com o Movimento Nacional Indígena do Equador para a sua visibilidade e suas demandas. Promoção do Movimento Nacional de Mulheres de diferentes esferas territoriais e nacionais. Liderança na organização e fortalecimento dos serviços de desenvolvimento infantil no Equador. Condução do processo de construção do Sistema Nacional Descentralizado de Proteção Integral à Infância e Adolescência - Contribuição para o Fortalecimento do Instituto Interamericano da Criança e do Adolescente da OEA. Investigadora em temas de infância e adolescência na região da América Latina e a nível nacional. Consultora em temas de infância e adolescência na Guatemala e Equador. Publicação de artigos e manuais na área da Criança e do Adolescente. Participante, expositora e facilitadora de centenas de eventos nacionais e em outros países.
Ramón Flecha García (Espanha)
Professor, catedrático de Sociologia na Universidade de Barcelona, ​​Doutor Honoris Causa da West University de Timişoara e um reconhecido investigador em ciências sociais na Europa. Ramon Flecha dirige atualmente o projecto IMPACT-EV Avaliando o impacto e os resultados de pesquisa SSH europeu, que é o projeto de pesquisa que o VII Programa-Quadro de Pesquisa da Comissão Europeia financiou a fim de desenvolver indicadores e padrões que sirvam para avaliar não só o impacto científico da investigação em Ciências Sociais e Humanas, mas em particular os seus impactos políticos e sociais. O seu trabalho foi publicado em doze idiomas diferentes, incluindo alemão, catalão, coreano, chinês, espanhol, basco, galego, finlandês, francês, inglês, português e romeno.
Norberto Ignacio Liwski (Argentina)
Médico, Pediatra Social. Vice-presidente do Comité das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança (2003-2007). Regente da Associação Internacional de Medicina Humanitária. Presidente da "Defesa das Crianças Internacional". Secção Argentina. Organização Não Governamental com Status Consultivo das Nações Unidas. Presidente da "Comissão de Defesa da Saúde, Ética Profissional e Direitos Humanos". CODESEDH. Associação civil sem fins lucrativos. Entidade Nacional de Bem Público. Ex-Subsecretário de Infância, Família e Desenvolvimento Humano, Província de Buenos Aires, Argentina. Ex-Presidente do Conselho Nacional da Criança, do Adolescente e da Família da Argentina. Diretor do Curso de Pós-Graduação “Adolescência e Cidadania: Mediação Juvenil; uma ferramenta para o exercício de direitos ”. Universidade Nacional de San Martín. Diretor do Programa de Atualização para Adolescentes e Cidadania da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires. Ex-Assessor Especializado da Direção Geral de Cultura e Educação da Província de Buenos, Argentina. Membro do Conselho Presidencial da Assembleia Permanente dos Direitos Humanos. Conselheiro titular da Comissão Arquidiocesana para Crianças e Adolescentes em Risco. Assessora do Instituto Interamericano da Criança e do Adolescente (IIN), organismo especializado da OEA (2007 - 2008). Diretor do Observatório Legislativo Social. Província de Buenos Aires. República Argentina (2009).
Miguel Ángel Santos Guerra (Espanha)
Doutor em Ciências da Educação pela Universidade Complutense e professor emérito de Didática e Organização Escolar da Universidade de Málaga. Foi professor em todos os níveis do sistema educacional e publicou numerosos livros, artigos em revistas especializadas e capítulos de livros sobre organização escolar, avaliação educacional, gestão escolar, participação, género e formação de professores.
Otto Ricardo Rivera Álvarez (Guatemala)
É Sociólogo e Pós-Graduado em Antropologia Social. Tem estudos aprofundados sobre a América Latina. Doutor em Educação Permanente e Professor Universitário na Guatemala e no México. Membro da Red Niña Niño Guatemala. Membro da Coordenação dos Direitos da Criança e do Adolescente da América Central. Membro da Convergência para a Ação. Rede de Líderes da América para um Novo Começo, Chile. Membro do Conselho Independente para a Proteção da Criança, CIPI, Espanha. Coordenador Académico da Guatemala, Rede Hemisférica de Parlamentares e Ex-Parlamentares da América Latina pela Primeira Infância. E Secretário Executivo da Coordenação Institucional para a Promoção dos Direitos da Criança - CIPRODENI- Guatemala.
Esther Giraldo Ramos (Espanha)
Doutor com menção europeia em Biologia. É especialista em Biologia Molecular de Plantas no CSIC (Málaga) e no INRA (Montpellier). Instalou e deu início aos Laboratórios de Biologia Molecular do Centro de Investigação "La Orden" e a Proteómica da "INTAEX", onde trabalha atualmente. Desde 2012 dedica-se à divulgação dos resultados encontrados no laboratório e ministra palestras sobre neuroeducação para pais e professores, para divulgar o funcionamento do cérebro e entender o que acontece por dentro.
Ruth Stella Chacón Pinilla (Colômbia)

Professora da Universidade El Bosque. Líder de Pesquisa Formativa no Bacharelado em Educação Infantil. Professora do Ensino Fundamental Primário na Secretaria de Educação de Bogotá, Distrito Capital, Colômbia, desde 1991. Doutora em Educação. Linha de Pesquisa Família e Escola. Mestre em Bioética. Magistrada em educação. Especialista em Docência Universitária. Especialista em Pedagogia. Graduação em Administração e Supervisão Educacional. Professora de Ensino Médio. Criadora e líder do Projeto Cartas para crescer com amor. Criadora da Estratégia Crescer Juntos: Família e escola. Vencedor do primeiro lugar no Prémio de Investigação e Inovação Educacional 2019 da Secretaria de Educação do Distrito Capital de Bogotá - Colômbia e do Instituto IDEP de Pesquisa Educacional e Desenvolvimento Pedagógico. Na modalidade Pesquisa com a sua proposta “Vínculos Família e Escola no Primeiro Ciclo de Educação do Distrito Capital de Bogotá: Uma Aposta na Construção de uma Estratégia de Participação Pedagógica para a Construção de Escolas e Ambientes Familiares Saudáveis ​​na Infância” Apresentadora do programa Crescendo Juntos: Família e Escola, do canal mexicano La Gazeta de Paz no YouTube. As suas linhas de atuação e pesquisa: Escola-Família, Processos de leitura e escrita na educação infantil, infância e educação. Mulher, professora de crianças, formadora de formadores, filha, irmã, mãe, esposa, amiga, colega, cidadã... convicta de que todos nascemos para ser felizes, que ser professora é o seu projeto de vida e que vale a pena sonhar , porque isso permite-nos crescer como pessoas bonitas por dentro e belas por fora. Cúmplice de todos os professores que querem e desejam ver no seu contexto de trabalho o seu próprio cenário de investigação que traga mudanças e transformações na vida de crianças e famílias. Agradece ao seu filho por ser a inspiração em seus projetos educacionais e aos seus alunos e suas famílias que incentivam a sua paixão, convicção e amor por ser professora no dia-a-dia.

María Lara Martínez (Espanha)
É historiadora e escritora. Doutora Europeia pela Universidade de Castilla-La Mancha, e licenciada em História pela Universidade de Alcalá, alcançou o Primeiro Prémio Nacional de Fim de Graduação (Governo da Espanha), o Prémio Extraordinário e o Prémio Único da UAH. É professora de História Moderna e Antropologia na Universidade à Distância de Madrid (UDIMA). Júri do Prémio Nacional de Letras Espanholas (2012) do MECD, desenvolveu estâncias de pesquisa como Associate and Fellow no RCC da Harvard University, como Professora Erasmus Plus na Bulgária e como Professora Convidada na Ivane Javakhishvili Tbilisi State University e na Georgian American University. Com a sua irmã, Professora Laura Lara, em 2015 recebeu o Prémio Algaba pelo seu livro Ignacio y la Compañía. Do castelo à missão (EDAF e Ámbito Cultural de El Corte Inglés) e, em 2018, publicaram o best-seller Breviário da História de Espanha. É a autora com Laura Lara de Princesas en Jeans. História, significado e validade da monarquia (2019). Em 2011, María Lara ganhou o Prémio “Ciudad de Valeria” de Romance Histórico com O Véu da Promessa e, em 2014, foi lançada a continuação da saga Memórias de Helena. Em 2019, foi publicado o seu terceiro romance Sin el stigma de Eva (Editora Ciudadela) sobre Christine de Pizan uma escritora na Idade Média. Entre as suas obras historiográficas, destaca-se Pasaporte de bruja. Voando numa vassoura, da Espanha à América, na época de Cervantes e El arte de ser humano. Fundamentos de Antropologia. É especialista em História da Mulher, destacando-se a sua contribuição - com conferências em fóruns especializados e entrevistas nos média internacional - à pesquisa sobre Judaísmo e Cristianismo nas mulheres. Também cultiva poesia. Com a sua antologia de versos Poemaría (2014), deu voz literária aos atos institucionais de combate à violência de género. É académica na Academia de Televisão e académica correspondente de Madrid na Academia Andaluza de História. María Lara mantém uma participação ativa nos média como historiadora de programas da TVE. Com Laura Lara fez o espaço “Espanhol para a memória”, transmitido nas Manhãs da Rádio Nacional de Espanha. Na Melodía FM as Irmãs Lara têm a seção “As Favoritas” no programa “As pernas não são do corpo”, assim como também desenvolvem em Cuatro, desde janeiro de 2020, a seção “Vamos contar verdades”.o en Las Mañanas de Radio Nacional de España. En Melodía FM las Hermanas Lara tienen la sección “Las Favoritas” en el programa “Las piernas no son del cuerpo”, así como también desarrollan en Cuatro, desde enero de 2020, la sección “Vamos a contar verdades”.
Rosania Morales Morroni (Brasil)
Tem 37 anos de experiência na área da Educação, tendo atuado como alfabetizadora, Coordenadora, Diretora e Supervisora ​​de Docência em Escolas Públicas do Estado de São Paulo e Professora Universitária. Foi Diretora Regional de Educação da Rede Pública do Estado de São Paulo. Foi Subsecretária de Estado da Educação em São Paulo, com uma rede de mais de 5.000 escolas públicas e quatro milhões de alunos. Atualmente é formadora em escolas públicas do Estado de São Paulo, Consultora de Educação, escritora de livros infantis e colaboradora e especialista em Educação da Rádio Metropolitana de Mogi das Cruzes. Tem formação em Pedagogia, Educação Física e mestrado em Educação, Administração e Comunicação.
Laura Lara Martínez (Espanha)

Historiadora e escritora. Doutora pela Universidade Complutense de Madrid, recebeu o título de Excelente com laude por unanimidade na sua Tese A cidade de Toledo na Idade de Prata (1900-1939). Um estudo de sociologia cultural urbana. Laura é licenciada em História pela Universidade de Alcalá, onde recebeu o Prémio Uno e o Prémio Extraordinário. Também recebeu o Primeiro Prémio Nacional de Fim de Graduação em História do Ministério da Educação e Ciência. Entre outras distinções recebidas, Laura Lara é Embaixadora Cultural da Rota de Vime, Oleira Honorária e Comandante Honorária da Ordem do Templo. Realizou estâncias de investigação na École des Hautes Études en Sciences Sociales, em Paris, como Professora Erasmus Plus na Bulgária e como Professora Convidada na Ivane Javakhishvili Tbilisi State University e na Georgian American University. Atualmente é Professora Catedrática de História Contemporânea na Universidade à Distância de Madrid (UDIMA) e concebe a literatura como uma extensão de seu trabalho docente, portanto o espírito didático e a clareza de exposição são dois dos traços distintivos de seu estilo. Académica na Academia de Televisão e correspondente académica de Madrid da Academia Andaluza de História, entre as suas obras estão: Guerra en la Alcarria. 1937: A Frente Guadalajara, Guadalajara não é a Abissínia. Registo da batalha pelo esquecimento, história social e política contemporânea, Espanha atual, o despertar de Toledo na Idade de Prata da cultura espanhola e Civilização e cultura no mundo hispânico, este último livro escrito em conjunto com María Lara. Com María Lara ganhou o Prémio Algaba em 2015 com Ignacio and the Company. Do castelo à missão, sendo ambos autores do Breviário da História de Espanha (Edaf, 2018) e Princesas en Jeans. História, significado e validade da monarquia (2019). Desde 2013 intervém como comunicadora de História nos programas da TVE, desde 2018 desenvolve na Melodía FM a secção "Las Favoritas" no programa "As pernas não são do corpo", bem como desde Janeiro de 2020 no troço Cuatro “Vamos falar a verdade”.
Carla Manuela Ribeiro Machado (Portugal)
Licenciada em Português-Inglês pela Universidade do Minho em 1995. Mestrado em Língua, Cultura e Literatura Inglesa, pela Universidade do Minho em 2009. Pós-graduação em Gestão de Bibliotecas Escolares, pelo ISLA Leiria em 2015. Professora nas áreas de Inglês, Literatura Inglesa, Didática do Inglês e Organização de Bibliotecas Escolares. Leciona aulas de inglês, recrutando o grupo 330, no grupo escolar Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão - Portugal. Atualmente coordena o Clube Europeu, Escola de Embaixadores do Parlamento Europeu, Euroscola, Eco-Escolas, Jovens Repórteres para o Ambiente, Escola Azul e Projetos e Twinning. Membro da Equipe de Internacionalização de Projetos.
Mª Belén Romero Vela (Espanha)
Professora da educação infantil e primária desde 1997, estudou na Universidade de magistério de Ciudad Real. Atualmente trabalha no CEIP FERROVIARIO de Ciudad Real. Trabalhou nas duas etapas em diferentes níveis. Como metodologia educacional, combina atividades, recursos e materiais relacionados com o desenvolvimento das competências do STEAM, de forma a desenvolver todas as áreas da educação infantil e primária.
Samba Dit Samaro Diao (Senegal)
Professor até 2005 na Primária, de 2006 até hoje no Secundário em serviço no Liceo Alpha Molo BALDE em Kolda, Presidente e Fundador da LA JOIE DES ORPHELINS - L'ALEGRIA DE LOS HUERFANOS de 1999 até ao presente. Trabalha na proteção de crianças, migrantes que retornaram e crianças e jovens em trânsito. Diretor do Centro de Acolhimento de Crianças Retornadas e Migrantes. Estudou na Universidade Assane SECK em Ziguinchor, presidente daLiga de Karate da região de Kolda.
Nanncy Alt. Batista Castillo (República Dominicana)
Mestre em Educação Superior, Licda. Doutor em Psicologia e atualmente a frequentar o mestrado em Orientação Educacional e Intervenção Psicopedagógica pela Universidade Autónoma de Santo Domingo, UASD, Professor da Universidade Tecnológica de Santiago, Campus de Puerto Plata na Faculdade de Psicologia, Formador de Formadores em Infotep e Técnica de Ensino Regional 11 de Educação no Departamento de Orientação e Psicologia.
Marcelo Vidal (Noruega)
Mestre em Psicopedagogia pela Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia. Larga experiência no trabalho em psicopedagogia da pré-escola ao bacharelato. Atualmente, trabalha como conselheiro na secção de educação da província de Trøndelag-Noruega, onde é responsável pela oferta de escolarização para menores em centros de proteção infantil em toda a província.
 
María Zareth Cruz Hernández (México)

Doutora em Educação para a Paz pela Universidade Autónoma Indígena do México com Presea Magna Cum Laude pelas contribuições da sua pesquisa em educação intercultural e transdisciplinar para a paz. Recebeu do Governo do Estado do México, por meio da Secretaria de Educação, a Nomeação Oficial de Agente de Ligação Credenciada como Instrutora da Paz e Instrutora da Rede Familiar Mexiquense por uma Cultura de Paz. É membro do Conselho de Administração do Voluntariado Nacional para a Promoção da Leitura do México. Está indicada para o "Prêmio Latino-americano para o Ensino de Falar em Público para Crianças 2021" pela Cátedra José Martí na República de Cuba. Representante do Magistério do Estado do México na Sessão Ordinária de Estado da Assembleia Geral da Comissão Permanente para o Plano de Desenvolvimento do Estado do México 2017-2023. Preparou centenas de crianças e jovens para falar em público, concursos de poesia, mesas de diálogo e participação infantil para o Modelo das Nações Unidas. É redatora e colunista de revistas científicas indexadas e revisadas por pares. Colaborou como colunista da Revista RC et RATIO da Controladoria do Poder Legislativo do Estado do México em temas de Governança para a Paz. Palestrante em Congressos Nacionais e Internacionais na América, Europa e África sobre temas como Responsabilidade Social, Desenvolvimento Comunitário e Práticas de Paz na Educação e Família, bem como Governança Política para a Paz. Foi reconhecida pelo Governo do Estado do México pela criação e implementação do Programa "Forest College" para a Conservação e Preservação da Fauna no Estado do México. Foi Diretora e Coordenadora na Área do Instituto Tecnológico e de Estudos Superiores de Monterrey e Diretora da Divisão de Ciências Económico-Administrativas da Universidade del Valle de México.

Marisut Guimet Castro (Perú)
Especialista em Avaliação de Políticas Sociais, com foco no desenvolvimento da primeira infância, pelo Ministério do Desenvolvimento e Inclusão Social do Perú. Psicóloga clínica e membro do Grupo de Investigação "Relações e Desenvolvimento Sócio-emocional" da Pontifícia Universidade Católica do Perú. Possui mestrado em "Política Social com especialização em Promoção da Infância" pela Universidade Nacional Mayor de San Marcos. Com experiência em docência no nível universitário e pesquisa académica, em torno de temas relacionados com a primeira infância, como relações de vinculação, desenvolvimento sócio-emocional, aprendizagem, brincar, género, entre outros. Consultora em projetos sociais de âmbito nacional, com trabalho de campo em áreas urbanas e rurais do Perú.
​Najoua Slatnia (Tunísia)

É professora de espanhol como língua estrangeira no ensino secundário. Formou-se na Universidade de Letras de Manouba, Tunísia. Embaixadora e mentora do programa educacional europeu eTwinning. É especialista em cursos online em plataformas educacionais europeias e nacionais e é formadora de TIC no Centro Nacional de Tecnologias na Educação CNTE. Foi editora-chefe da primeira revista CNTE «Twinstyle». Foi palestrante em muitas conferências presenciais e online e participou em vários encontros educacionais nacionais e internacionais. Foi a vencedora do Prémio Europeu eTwinning em 2018 e de muitos prémios nacionais pelos seus projetos educacionais internacionais.

María Laura López García (Uruguai)

Professora do Ensino Secundário Público do Uruguai em Direito, Sociologia e Educação Cidadã, atualmente trabalha em 2 Institutos Secundários no Departamento de Canelones e num Instituto Privado de Educação Secundária Básica. Também é Professora de Orientação Bibliográfica num Instituto Público de Educação Secundária. Trabalha, desde os 18 anos, na área social em diversas ONGs vinculadas à infância, em temas de educação e projetos sociais para as comunidades. Aventurou-se em vários projetos de ludoteca e projetos de proteção à criança na sua localidade. Depois de passar pelo projeto “Gira por la Infancia” em 2018 e depois de vários projetos de pesquisa com os seus alunos e comunidade, hoje ele está a trabalhar num projeto baseado numa política geral de participação e aspira tornar-se uma política nacional, já que no seu país não existe uma política social de participação das crianças e adolescentes, sendo a participação muito limitada a projetos específicos e não de verdadeira participação.

Nadio Alessandro La Gamba (Itália)
Nasceu em 1964 e vive em Roma desde 1983, quando se matriculou na Faculdade de Psicologia de La Sapienza. Em 1988, aos 24 anos, começou a trabalhar como educador na Città dei Ragazzi di Roma, um centro residencial com numerosas comunidades para menores. Entretanto, formou-se em psicologia clínica, com especialização em sexologia clínica e psicodiagnóstico. Obteve o título de educador comunitário. Em 1995 começou a trabalhar nos Centros de Acolhimento de Emergência de Menores da Cáritas e na Câmara Municipal de Roma, primeiro como educador profissional, depois como psicólogo e, a partir de 1998, como administrador. Nos últimos anos tem-se aprofundado na metodologia e técnica das intervenções psico-socio-assistenciais ao serviço de acolhimento precoce de menores, dedicando-se em particular à definição dos papéis das diferentes figuras profissionais (socio-assistencial, educador, trabalhador parceiro, psicólogo). Explora o problema dos menores estrangeiros realizando pesquisas e estudos. É um dos promotores do Grupo Nacional de Órgãos e Serviços de Acolhimento Atempado de Menores, contribuindo para a elaboração do documento de boas práticas de intervenções e atendimento a menores estrangeiros. Palestrante em numerosas conferências na Itália e no exterior, é autor de dezenas de publicações e artigos sobre o tema de menores e adolescentes estrangeiros. De 2003 a 2016 supervisionou os projetos personalizados de crianças, adolescentes e jovens convidados nos grupos de departamentos da Ópera Nacional das Cidades Infantis. De 2005 a 2010 foi juiz honorário do Tribunal de Menores de Roma.
Karla Vanessa Laguna Arbizú (Nicarágua)

Advogada da Associação Mary Barreda, organização civil privada e permanente sem fins lucrativos que atua na defesa dos direitos da criança, do adolescente, da jovem e da mulher adulta no departamento de León, Nicarágua. O seu trabalho contribui para o combate à pobreza, influenciando as transformações culturais e sociais que justificam e sustentam o sistema patriarcal, no cumprimento dos direitos das crianças, adolescentes e mulheres a viverem livres da violência e em condições que lhes permitam o exercício da cidadania, através do desenvolvimento de suas capacidades e competências.

Alied Ovalles Rincón (Venezuela)

É criminologista pela Universidade de Los Andes (Venezuela) e doutora em Psicologia Escolar e Desenvolvimento pela Universidade Complutense de Madrid. Mestre em Intervenção Psicológica em Contextos Educacionais (UCM) e em Direito Penal e Criminologia pela Universidade de Zulia (Venezuela). Diretora do TFG da Universidade Pontificia de Comillas. Académica da Academia Internacional de Ciências, Tecnologia, Educação e Humanidades (AICTECH). Conselheira do Conselho de Proteção à Criança (CIPI) e Presidente da Sociedade de Criminologistas da Venezuela (SOCRIVEN). Árbitro de diversas revistas científicas e populares. Autora de vários artigos e de um livro. Entre suas linhas de pesquisa: Delinquência Juvenil. Comportamentos de risco em menores, famílias e escolas. Disfunção familiar. Estilos educacionais familiares e comportamentos disruptivos. Vitimização, entre outros.​

Sairam Gabriela Rivas Moreno (Venezuela)

Emilio José Delgado Algarra (Japão)

Professor Doutor Contratado da Universidade de Huelva com Doutoramento em Didática das Ciências Sociais e Doutorado em Educação. Diretor do Centro Académico e Cultural do Leste Asiático e vice-diretor do Centro de Pesquisa e Inovação do Pensamento Contemporâneo para o Desenvolvimento Social [COIDESO] da Universidade de Huelva. Pesquisador, autor e editor de publicações como The West in Japan e Japan in the West (2017) e diretor do Simpósio Hispânico Japonês de Cultura e Educação, promovido pela Embaixada do Japão na Espanha e que na segunda edição foi reconhecido como uma atividade comemorativa do 150º Aniversário do Estabelecimento das Relações Diplomáticas entre o Japão e a Espanha. Com experiência na rádio como chefe de programa de divulgação da cultura japonesa, foi organizador, palestrante e membro da comissão científica de Congressos, Conferências e Simpósios de Educação. Entre outras, a sua principal linha de investigação centra-se no ensino das Ciências Sociais e da memória no contexto japonês.

Abderrahman El Fathi (Marrocos)

É poeta e escritor. Doutor em Filologia Hispânica. Professor e chefe do Departamento de Estudos Hispânicos da Universidade Abdelmalek Essaadi de Tetuão-Marrocos. Coordenador e Chefe do Grupo de Pesquisa e Estudos do Norte de Marrocos e Espanha. Palestrante em diversos países da Europa e América. Autor de vários livros. “Prémio de Poesia Rafael Alberti. Embaixada da Espanha em Rabat, 2000 "," Ibn Al Jatib da criação literária. Granada, 2010 "," A Barraca de Cooperação Internacional e Criação Literária. Diputación de Cádiz, 2011”.

Presidência

Dr. Antonio Salvador Jiménez Hernández. Universidade da Extremadura-Espanha

Presidência honorária

Dr. Federico Mayor Zaragoza. Ex-Diretor Geral da UNESCO

Membros do Comitê

Dr. Federico Mayor Zaragoza. Ex–director General de la UNESCO

Dra. Sara Oviedo Fierro. Ex-vicepresidenta del Comité de Derechos del

Niño de Naciones Unidas

Dr. Miguel Ángel Santos Guerra. Universidad de Málaga

Dr. Ramón Flecha García. Universidad de Barcelona.

Dr. José Ignacio Aguaded Gómez. Universidad de Huelva

Dra. María Lara Martínez. Universidad a Distancia de Madrid

Dra. Laura Lara Martínez. Universidad a Distancia de Madrid

Dr. Carlos Alarcón Cabrera. Universidad Pablo de Olavide

Dr. Jorge Barudy Labrín. EXIL

Dr. Mohammed Derrij. Marruecos

Dr. Miguel Ángel Martín Sánchez. Universidad de Extremadura

Dra. Laura Lara Vázquez. Universidad Autónoma de Chile

Dra. Dulce Garcia Galvão. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Dr. Jorge Amado Apóstolo. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Dra. Inmaculada Iglesias Villarán. Universidad de Huelva

Dra. Julia Alonso García. Universidad de Valladolid

Dra. Carolina Silva Sousa. Universidad del Algarve (Portugal)

Dra. Carme Panchón Iglesias. Universidad de Barcelona

Dr. Tomás J. Campoy Aranda. Universidad del Este (Paraguay)

Dra. Carlina E. Vega Duette. Universidad La Paz Ciudad del Este. (Paraguay)

Dra. Patricia Núñez Gómez. Universidad Complutense de Madrid

Dr. Manuel de Armas Hernández. Universidad de Las Palmas de Gran Canarias

Dra. Isabel Mª Bernedo Muñoz. Universidad de Málaga

Dra. María Espinosa Spínola. Universidad de Granada

Dr. Gabriel Robles Gavira. Universidad de Cádiz

Dra. Celia Corchuelo Fernández. Universidad de Huelva

Dra. Carmen Aránzazu Cejudo Cortés. Universidad de Huelva

Dra. Emilia Moreno Sánchez. Universidad de Huelva

Dr. Daniel Senovilla Hernández. Universidad de Poitiers (Francia)

Dra. Silvina Gabriela Monteros Obelar. Universidad de Granada

Dr. Francisco de Paula Rodríguez Miranda. Universidad de Huelva

Dra. Mª Carmen Bellver Moreno. Universidad de Valencia

Dra. Raquel Barragán Sánchez. Universidad de Sevilla

Dra. Luisa Vega Caro. Universidad de Sevilla

Dra. Ana Castro Zubizarreta. Universidad de Cantabria

Dr. Andrés Escarbajal Frutos. Universidad de Murcia

Dr. José Luis Cuesta Gómez. Universidad de Burgos

Dra. Rosabel Roig Vila. Universidad de Alicante

Dr. Félix Fernández Castaño. Universidad de Granada

Dr. Yaiza Pérez Alonso. Universidad Politécnica de Valencia

Dr. Rafael Muñoz Guillena. Universidad de Alicante

Dra. Amaia Bravo Arteaga. Universidad de Oviedo

Dr. Rafael Allepuz. Universidad de Lleida

Dra. Adoración Padial. Universidad de Lleida

Dr. Juan David Gómez Quintero. Universidad de Zaragoza

Dr. José Ignacio Moraza. Universidad de Burgos

Dr. Josep Lluis Oliver. Universidad de Islas Baleares

Dr. José Luis Villena Higueras. Universidad de Granada

Dra. Elvira Molina Fernández. Universidad de Granada

Dr. José Antonio Liébana Checa. Universidad de Granada

Dra. Francisca Fariña Rivera. Universidad de Vigo

Dra. Carmen Marta Lazo. Universidad de Zaragoza

Dra. Illeana María Greca. Universidad de Burgos

Dra. Esther Ruiz Palomo. Universidad de Burgos

Dra. M. Dolors Toldrà Roca. Universidad de Lleida

Dra. Esther Ruiz Palomo. Universidad de Burgos

Dra. María Rosa García Ruiz. Universidad de Cantabria

Dr. Christian Alexis Sánchez Núñez. Universidad de Granada

Dra. Clara Megías Martínez. Pedagogías invisibles.

Dr. José Manuel Osoro Sierra. Universidad de Cantabria.

Dr. Joxe Garmendia Larrañaga. Universidad de País Vasco.

Dra. María Celsa Perdiz Álvarez. Universidad de Vigo.

Dra. Alicia Peñalva Vélez. Universidad Pública de Navarra.

Dr. Rafael Pérez Galán. Universidad de Málaga.

Dra. María Bermúdez Martínez. Universidad de Granada.

Dra. Begoña Esther Sampedro Requeba. Universidad de Córdoba.

Dr. David Aparisi Sierra. Universidad de Alicante.

Dra. Maddalen Epelde Juaristi. Universidade do País Basco.

Dr. Francisco Xabier Aguiar Fernández. Universidade de Vigo.

Dra. Virginia Morcillo Loro. Universidade Internacional de La Rioja

Dra. Lucía Núñez Sánchez. Universidade de Huelva.

Dr. José Antonio Ayuso Marente. Cadiz University.

Dr. Ángel Antón Llapart. VOLTE.

Dr. Antonio Coronado Hijón. Sevilla University.

Dra. Janire Fonseca Peso. Universidade de Deusto.

Dra. María Isabel Negrí Cortes. Universidade de Málaga.

Dra. Olga Martínez Moure, Universidade a Distância de Madrid

Dr. Antonio Pérez Romero. Universidade Autônoma de Barcelona.

Dr. Francisco Javier Domínguez Alonso. Universidade de Alicante.

Dra. Sheila Fernández Miguez. Universidade Autônoma do Chile.

Dra. Verónica Edith Gómez Urrutia. Universidade Autônoma do Chile.

Dra. Daniela Oyarce Cádiz. Universidade Autônoma do Chile.

Dra. Diana Martella Di Luca. Universidade Autônoma do Chile.

Dra. María Isabel Zavala Rubilar. Universidade Autônoma do Chile.

Dra. Ernestina Batoca Silva. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Dra. Ana Maria Perdigão Gonçalves. Escola Superior de Enfermagem de

Coimbra

Dra. Ananda Maria Fernandes. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Dr. Luís Manuel Batalha. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Dr. Manuel Gonçalves Gameiro. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Dra. Maria de Lurdes Lomba. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Dra. Eliana Pereira Vellozo. Universidade Federal de São Paulo

Dra. Ana María Aragón Holguín. Sede da Universidade San Buenaventura em Cali

Dra. Nora Eugenia Muñoz Franco. Universidade de Antioquia

Dra. Consuelo Orozco Giraldo. Universidade Tecnológica de Pereira

Dr. Javier Sáenz Obregón. universidade nacional da Colômbia

Dra. Jaqueline Benavides Delgado. Universidade Cooperativa da Colômbia

Dra. Claudia María García Muñoz. universidade livre

Dra. Luz Nelly Novoa Varga. Universidade Pedagógica e Tecnológica de

Colômbia

Dra. Jovana Alexandra Ocampo Cañas. Universidade dos Andes

Dr. José Juan Amar Amar. universidade do norte

Dra. Nora Aneth Pava Ripoll. Valley University

Dra. María Del Carmen Vergara Quintero. Universidade Autônoma de Manizales

Dra. Sandra Johanna Albarracín Lara. A Minuta de Deus da University Corporation

Dra. María Piedad Acuña Agudelo. Universidade Autônoma de Bucaramanga

Dra. Nohelia Hewitt Ramírez. Sede da Universidade de San Buenaventura Bogotá

Dra. Yeim Claudia Castro. Universidade de caldas

Dr. Gustau Olcina Sempere. Universidade Jaume I

Dr. Damián Iglesias Gallego. Universidade da Extremadura

Dra. Liliana Saavedra Rey. Universidade de San Buenaventura Bogotá

Dra. Ana Brizet Ramírez Cabanzo. Universidade Francisco Jose de Calda. Rede CHISUA

Dra. Marly Johana Bahamon. Universidade Simon Bolivar

Dra. Edna Johanna Herrera Merchán. Pontifícia Universidade Bolivariana

Dr. Francisco Ramos Cuncanchún. Universidade Francisco José de Caldas

Dra. Silvia Cristina Caicedo Muñoz. Valley University

Dra. Diana Maritza Quiguanas López. Universidade Santiago de Cali

Dra. Patricia Rojas. Universidade de Santiago, Chile

Dra. Liliana Saavedra Rey. Sede da Universidade de San Buenaventura Bogotá

Dra. Ana Brizet Ramírez Cabanzo. Universidade Francisco José de Caldas - Rede CHISUA

Dr. Antonio Pantoja Vallejo. Universidade Jaen

Dra. Ruth Stella Chacón. Forest University

Comitê Organizador

Direção

Dra. Maribel Vergara Arboleda

Subdirecção

Dra. Eugénia Maria Rainha Pereira

Membros

Otman Ghannami

Gabriel Ordaz Olais

Cindy Joulieth Castro Ramirez

Maria Gema López Lajusticia

Mariana Gómez Vicario

COMITÊ CIENTÍFICO INTERNACIONAL