2.jpg

TEMAS

As comunicações podem se concentrar em um ou mais dos seguintes tópicos:

  • Escola e educação em tempos da COVID-19

  • Participação da infância e adolescência

  • Bom trato à infância e adolescência

  • Lacuna digital

  • Neuroeducação e neurodidática

  • Empreendedorismo

  • Educação para a convivência

  • Escolas em contextos de vulnerabilidade

  • Brincar na infância

  • Resolução de conflitos

  • Convivência e cidadania

  • Mundo digital

  • Aprendizagem cooperativa

  • Inclusão-integração no âmbito comunitário

  • Competências interculturais

  • Identidade Cultural

  • Comunidades de aprendizagem

  • Escola de pais e mães

  • Artes plásticas, música e dança como estratégias para a intervenção

  • Resiliência e empoderamento

  • Direitos da infância

  • Políticas sociais

  • Crise económica

  • Discriminação sexista contra crianças

  • Infância e perspetivas de género

  • De objeto de proteção a sujeito de direito

  • Proteção integral da infância

  • Educação em Direitos Humanos

  • Políticas públicas de Infância

  • Família e relações intergeracionais

  • Pontos fracos e fortes dos sistemas educativos

  • Pediatria, testes e vacinas

  • Meios de comunicação

  • Prevenção e intervenção perante o fracasso escolar

  • Adolescentes migrantes sem referências familiares

  • Maltrato infantil

  • Orientação educativa

  • Criatividade e inovação educativa

  • Necessidades educativas especiais

  • Atenção precoce

  • Educação para a saúde

  • Bullying e ciberbullying

  • Cuidados de saúde

  • Malnutrição infantil

  • Obesidade infantil

  • Educação emocional

  • Mediação familiar, social e intercultural

  • Intervenção perante a sobredotação intelectual

  • Crise de valores

  • Psicopatia infantojuvenil

  • Currículo e atenção à diversidade

  • O autismo na infância

Crianças, adolescentes, jovens, professores, conselheiros, educadores sociais, assistentes sociais, psicopedagogos, pedagogos, psicólogos, neurologistas, sociólogos, antropólogos, jornalistas, professores, membros de ONGs, docentes, investigadores, estudantes universitários, pais e outros interessados.

1.jpg

DESTINATÁRIOS